UA-190766377-1
 

Coordenador Adjunto da FBN toma posse na Academia de Literatura Arte e Cultura da Amazônia

Dr. Michael Monteiro, Coordenador Adjunto do Curso de Direito e Professor da FBN - Faculdade Boas Novas, ocupará a cadeira de número 32 da ALACA.


A cerimônia de posse aconteceu na noite de quarta-feira (03), às 19h, no auditório Belarmino Lins, da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

Michael Monteiro destacou que:
“é uma verdadeira honra poder integrar um grupo seleto de imortais, com pessoas tão capazes e que se destacam em suas profissões e publicações literárias"

ALACA


A ALACA é uma instituição cultural que foi inaugurada no dia 03 de agosto de 2022, com solenidade de posse na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas. É sediada no Amazonas, cujo objetivo é o cultivo da língua e da literatura nacional da arte e da cultura. Compõe-se a ALACA de membros efetivos e perpétuos, e sócios correspondentes no Brasil e no estrangeiro.


“Os membros são profissionais de diversas áreas, referências do mundo literário e cultural amazônico. Temos advogados, professores, jornalistas, médicos, economistas, além de desembargador e juiz, mas também estudantes, diretores de escola rural e escritores de outros municípios do Amazonas".

Destacou Romulo Sena o Presidente e Fundador da ALACA







































Sobre Michael Monteiro


Dr. Monteiro. Advogado, Professor, Escritor, Cientista Político, Especialista em Direito Público c/ Ênfase em Gestão, Especialista em Direito Eleitoral, Mestre em Direito das Relações Internacionais, Presidente da Comissão de Prática Jurídica da OAB/AM, atuando ainda nos órgãos Federais e outras entidades da Administração Pública Direta e Indireta, formado em Administração e Direito, busca sempre aperfeiçoamento em suas áreas, conhece bem as dificuldades do empresariado e da população, por isto tem um notório conhecimento como consultor jurídico, administrativo e financeiro, tendo sido ainda Gerente Bancário por 05 (cinco) anos, bem como é Autor de diversas Obras Jurídicas.













11 visualizações0 comentário