UA-190766377-1
 

Luísa Sonza é processada por racismo e se pronuncia: 'oportunidade para tentar ser melhor'



A cantora Luísa Sonza afirmou nessa segunda-feira (19) que tentará "resolver amigavelmente" o processo no qual é acusada de racismo e acatará "o valor pedido pela autora". Porém, a quantia não foi divulgada.


"Estou lidando com essa situação como uma oportunidade para tentar ser melhor, como sempre tentei fazer todas as vezes que alguma coisa aconteceu comigo, publicamente ou não. Por isso, a minha decisão é solicitar uma audiência especial para resolver amigavelmente o processo", garantiu a cantora.


Segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a denúncia foi feita em 2019 pela advogada Isabel Macedo. Ela alega ter sido maltratada pela artista, que pediu um copo de água achando que Isabel trabalhava no local do show.


"Ao ser informada de que a autora não era funcionária, a 1ª ré se mostrou visivelmente surpresa, levando a autora a crer que tal fato se deve aos seus traços raciais, razão pela qual registrou ocorrência junto à delegacia de polícia local, que não deu crédito a seu relato", diz um dos documentos da ação.


VERSÃO ANTERIOR

Em 2020, quando o processo foi divulgado, a cantora negou as acusações. "Gente, tudo isso é mentira. Não acreditem nisso! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é o meu caráter, minha índole", justificou.


Na época, a assessoria de imprensa da artista afirmou que o caso era falso, inverídico e vinha "em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista".


Fonte: diariodonordeste.verdesmares.com.br



 


Adquira nossos Livros:












Confira nossas Redes sociais:





0 visualização0 comentário